05 ferramentas para a gestão empresarial indispensáveis.

05 ferramentas para a gestão empresarial indispensáveis.

Independente do tamanho da empresa, o fato é que gerenciar um negócio de forma efetiva e bem sucedida não é uma tarefa fácil, porém sabemos que existem  algumas ferramentas que podem tornar esta tarefa mais simples. Por isso, separamos 05 ferramentas indispensáveis para a gestão empresarial. 

Sabemos que todas as empresas sempre trabalham em direção de um propósito principal que é aumentar a lucratividade e reduzir gastos desnecessários, e por isso é tão importante que o objetivo de cada uma dessas ferramentas que vamos falar a seguir seja ajudar líderes, gestores e empresas de modo geral a atingir seus objetivos com mais facilidade, agilidade e com menos erros. 

Confira a seguir quais são as 05 ferramentas indispensáveis para a gestão empresarial para o seu dia a dia: 

1- Ciclo PDCA

Não podemos deixar de citar o famoso e tão querido Ciclo PDCA, essa ferramenta é uma técnica de gestão utilizada principalmente para validar a qualidade dos processos mais utilizados em todo o mundo. 

Em sua tradução cada sigla representa uma ação, são elas: Plan (planejar), Do (fazer), Check (checar), Act (agir). O Ciclo PDCA nos permite verificar a eficácia de planos de ação que estão sendo colocados em prática. 

2 – Gestão à Vista

A gestão à vista é o melhor aliado para as empresas que querem deixar bem claro e visível para o time quais são suas metas e objetivos. A metodologia gestão à vista permite que você apresente para a toda a equipe seus resultados e indicadores. Desta forma, o time fica sempre ciente do que já foi realizado, e o que precisa ser feito para atingir os resultados esperados.

Esta é uma metodologia que quando bem aplicada pode ter uma influência muito positiva, principalmente para as equipes de vendas, pois é uma forma de incentivar aquele que falta pouco para alcançar seu máximo dos resultados, e acaba influenciando aquele que por algum motivo está um pouco mais distante.  

3 – Análise de Swot

A Análise Swot ou como também é conhecida Matriz de Swot, é também uma das ferramentas mais conhecidas e utilizadas no meio empresarial pelos gestores, principalmente na hora de realizar um planejamento estratégico. 

O termo Swot, também são siglas que vem do inglês, cada uma destas siglas representam fatores internos e externos que devem ser analisados. Estes fatores são: 

  • Strengths (Forças)
  • Weaknesses (Fraquezas)
  • Opportunities (Oportunidades)
  • Threats (Ameaças)

Através da análise de Swot é possível analisar e aprofundar o conhecimento sobre o seu negócio e o mercado em que atua. 

4 – Matriz GUT

A Matriz GUT possui três pilares, são eles: Gravidade, Urgência e Tendência, esses pilares têm por objetivo ajudar na elaboração de estratégias e também na resolução de problemas.  A matriz GUT permite que você faça a classificação de cada situação da empresa considerando os pilares que dão o seu nome: 

Gravidade: O gestor analisa qual é o nível do impacto (quantitativo e qualitativo), caso a situação não seja resolvida. Cada situação recebe uma pontuação de 1 a 5, sendo que 1 representa sem gravidade e 5 extremamente grave.

Urgência: O pilar que representa urgência serve para medir qual deverá ser o prazo para resolver determinada situação. A pontuação deste parâmetro também vai de 1 a 5, sendo que a pontuação 1 é algo que deve esperar e a pontuação de 5 é algo que precisa de atenção e resolução imediatamente. 

Tendência: O pilar da tendência examina qual é a tendência da situação evoluir, assim ajuda a definir se é algo que deve ser resolvido e qual será o impacto se for resolvido imediatamente ou depois.  A pontuação 1 representa que nada mudará caso não seja resolvido  e 5 corre risco de mudar rapidamente caso não seja resolvido. 

5 – Diagrama de Ishikawa

O Diagrama de Ishikawa é uma ferramenta em formato gráfico que auxilia na análise das organizações à procura de uma causa para um problema. O diagrama de Ishikawa também é popularmente conhecido por alguns outros nomes, como: Diagrama espinha de peixe, Diagrama Causa e Efeito, ou até mesmo Diagrama dos 6Ms.

O diagrama de Ishikawa tem como objetivo auxiliar equipes de gestão e liderança a chegarem na verdadeira raiz do problema, descobrindo não somente a causa principal, mas também quais são os fatores que influenciam na causa predominante. 

Agora que você já conhece essas 05 ferramentas que são indispensáveis para a gestão empresarial, escolha pelo menos uma e comece a estudar mais sobre ela e coloque em  prática dentro da sua empresa.

Share on linkedin
Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos que podem te interessar

Metas de venda realistas: Como atingi-las.

Metas de venda realistas: Como atingi-las.

Já sabemos que as metas servem como um direcionamento para a força de vendas, e que quando são bem definidas e realistas ajuda sua empresa a alcançar os melhores resultados.  É exatamente as metas de vendas que vão mostrar onde o seu time de vendas precisa chegar e quais serão as ações necessárias para atingir

Metas de vendas: Como você deve defini-las.

Metas de vendas: Como você deve defini-las.

As metas são as responsáveis ​​pelo nosso planejamento e por determinar o quanto queremos crescer nos próximos meses, anos e ciclos em geral. Porém, você sabe como definir suas metas de vendas? Veja nossas dicas para te ajudar a criar as suas metas de vendas de forma eficiente.  No artigo de hoje, vamos falar sobre

O que é Follow-up e como deve ser feito.

O que é Follow-up e como deve ser feito.

No setor de vendas se fala muito sobre uma prática chamada follow-up, mas muitas pessoas têm a dúvida sobre o que é follow-up e como deve ser feito. Neste artigo, vamos responder estas e outras perguntas que surgem quando falamos sobre follow-up.  Afinal, o que é follow-up? Basicamente follow-up é uma ferramenta utilizada para o acompanhamento

Did you like it? Sign up to receive more content like this for free

    en_US