Conheça a técnica Kanban

tecnica-kanban

Como todos já sabem, organização e produtividade é o sobrenome da AchieveMore. Conheça a técnica Kanban, vamos falar de um método importante para organizar tarefas e te ajudar a ser mais produtivo.  Mas antes de falarmos como ele funciona e como pode ser aplicado no nosso cotidiano vamos entender um pouco da história de como surgiu essa técnica.

Conhecendo a história da técnica Kanban!

A técnica Kanban foi criada por Taiichi Ohno em 1953 para fazer parte do sistema de produção da Toyota. A palavra Kanban vem do japonês que significa, cartão ou quadro de sinais, e ficou conhecida por ser uma metodologia de gestão visual, onde os cartões tem a função de organizar e facilitar a organização das tarefas pendentes entregues e que estão em andamento. 

 Conheça a técnica Kanban hoje  é mais conhecida como: “just in time”, pois após a sua origem em fábricas a técnica Kankan foi aderida por desenvolvedores de softwares. Uma vez que o desenvolvimento de software é algo muito dinâmico, pois exige mudanças, ajustes constantes e muitas vezes têm mais de um envolvido no desenvolvimento, esta técnica serve para guiar tanto o desenvolvedor responsável quanto os demais envolvidos no processo.

Porém não pense que a técnica Kanban serve somente para estes segmentos, na verdade se bem aplicada ela pode funcionar não só para o dia-a-dia do trabalho, mas também para o cotidiano pessoal. Conheça a técnica Kanban!

Tipos de Kanban mais conhecidos:

Com o passar do tempo, as áreas foram aderindo esta ferramenta e adaptando as necessidades. A seguir separamos para você alguns dos mais conhecidos:

  • Kanban de Produção
  • Kanban de Requisição
  • Kanban de Estoque
  • Kanban de Movimentação

Além desses existem muitos outros tipos de Kanban, aqui na AchieveMore aplicamos essa metodologia e adaptamos nossos quadros conforme a necessidade de cada área da empresa.

Quais são os benefícios do Kanban?

Este é um método fácil de ser implementado até mesmo em empresas que nunca utilizaram algum sistema de organização e controle. Além do Kanban ajudar a visualizar todas as movimentações e etapas do processo, ele também ajuda a aumentar a autonomia da equipe nos processos.

Outro ponto benéfico é que o Kanban promove o trabalho em equipe já que todo o time precisará trabalhar de acordo com o que está no quadro. Pelo fato de todos estarem caminhando em uma só direção, o Kanban quando seguido corretamente acaba ajudando a reduzir o tempo dos ciclos das atividades o que favorece muito na velocidade das entregas.

Como implantar a técnica Kanban?

Para implantar a técnica Kanban em uma empresa é necessário passar por alguns passos, como a seguir:

1- Mapeie todos os processos.

O primeiro passo é mapear os processos, ou seja, identifique cada tarefa do processo assim você conseguirá posicionar cada coluna do seu kanban adequadamente.

2 – Priorize e padronize as etapas.

Neste passo é necessário você definir quais serão os padrões de cores, nomes, itens e ordem das informações. Desta forma sua equipe conseguirá definir quais são os níveis de prioridade e quem será o responsável por cada tarefa.

3 – Alinhe com a equipe.

Com o método Kanban definido, chegou a hora de apresentar para a equipe, eles mais do que ninguém precisam conhecer a fundo esta técnica para poder tirar as dúvidas e até mesmo apontar aquilo que pode não funcionar.

4 – Faça melhorias continuamente

Após implementado, siga observando se está funcionando corretamente dentro da empresa e se as equipes encontraram algum tipo de dificuldade.

Kanban na prática

Com o crescimento da tecnologia e a quantidade de novos aplicativos, softwares e ferramentas que vem aparecendo, ficou muito mais fácil colocar a técnica Kanban na prática.

Um exemplo de ferramenta muito útil é o ,Trello, essa é uma ferramenta desenvolvida baseado na técnica Kanban, pois nela você pode criar e acompanhar diversos quadros de acordo com a necessidade da sua equipe.

Na técnica mais comum do Kanban temos os seguintes quadros:

Backlog: Nessa lista você colocará os cards das atividades que estão pendentes e que precisam ser trabalhadas em algum momento. É como se fosse uma lista de lembretes de coisas que precisamos fazer no futuro.

A fazer: Quando o card está nesta lista quer dizer que você pretende ou deve pegar a tarefa em breve. É como se fosse uma lista de tarefas que precisam ser cumpridas, já possuem um prazo pré-determinado e estão no planejamento do mês, da semana, do dia e etc.

Fazendo: O card quando chega nessa lista representa as tarefas que estão em andamento. É como se fosse um lembrete de que você precisa dar continuidade naquele projeto, ou seja, um guia do que está sendo feito no momento.

Revisão/Teste: Depois de feito, a tarefa é levada para a lista de revisão. Assim você se lembrará de que a tarefa foi concluída, mas mesmo assim precisa ser revisada ou testada.

Feito: Finalmente o quadro mais esperado, nada é mais satisfatório do que olhar a lista de tarefas concluídas e conferir tudo o que foi planejado, foi realizado. E além disso, as tarefas podem ser revisitadas quando necessário.

Share on linkedin
Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos que podem te interessar

Automatização do Cálculo de PLR: Superando Desafios e Maximizando Benefícios.

Neste artigo, iremos descobrir juntos como a automatização do cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) pode te ajudar a superar desafios, maximizar benefícios e simplicar operações. O cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) é uma tarefa complexa que envolve diversos parâmetros, variáveis e considerações. Realizá-lo manualmente impõe uma série de desafios

Programas de Incentivos Variáveis: Cinco Dicas para criar um programa de incentivos variáveis bem-sucedido.

Implementar um programa de incentivos variáveis é uma estratégia poderosa para motivar equipes e impulsionar o desempenho em 2024. Contudo, o sucesso dessa iniciativa requer uma abordagem cuidadosa e estruturada. Neste artigo, exploraremos cinco dicas essenciais para criar e manter um programa bem-sucedido que não apenas motive, mas também contribua para o sucesso geral da

Impulsionando Equipes: Estratégias de Incentivo que Transformam Resultados

Se você busca não apenas atingir metas, mas superá-las com uma equipe motivada e engajada, é hora de ir além dos métodos convencionais. Descubra como as estratégias de incentivo, sejam elas financeiras ou não, podem ser poderosos catalisadores para elevar não apenas a produtividade, mas também o moral e a coesão da equipe. 1. Incentivos

Gostou? Inscreva-se para receber mais conteúdos como esses gratuitamente

    pt_BR