Storytelling para vendas: saiba a importância de contar histórias para vender mais

Storytelling para vendas: saiba a importância de contar histórias para vender mais

Storytelling para vendas: saiba a importância de contar histórias para vender mais

O surgimento de novas empresas no mercado é algo que aumenta a concorrência e exige estratégias diferentes e aperfeiçoadas para as vendas. O storytelling para vendas surge (na verdade se adapta) nesse contexto.

Isso porque é uma ótima técnica para se diferenciar e realizar as vendas de um jeito especial, encantando o potencial consumidor. Afinal, consiste na arte de saber contar histórias e trazer narrativas para as tratativas.

Essa metodologia se utiliza de uma combinação de habilidades narrativas e técnicas para criar ou potencializar a comunicação de uma empresa, pessoa ou marca.

Nas vendas, o storytelling pode ser implementado para envolver, encantar clientes e assim levá-los a tomar uma ação, neste caso, a comprar.

Conhecer melhor o conceito, suas vantagens e como colocá-lo em prática, sendo um caminho para obter excelentes resultados.

O que é Storytelling

O storytelling consiste no ato de contar histórias para dizer algo para o seu público. 

Algumas histórias são reais e outras podem ser enfeitadas, como analogias, para conseguir explicar melhor a mensagem principal.

Muito mais do que envolver e engajar, o storytelling é um ótimo recurso que pode ser aplicado nas vendas, seja para o argumento de convencimento, para contornar objeções ou simplesmente para apresentar os produtos.

A relevância do storytelling nas vendas

As pessoas costumam prestar mais atenção nas histórias do que nos dados de vendas. 

Quanto mais envolvente e cativante for a narrativa, maiores serão as oportunidades de transformar um lead (potencial cliente) em um cliente da sua marca.

Isto posto, pensar em histórias divertidas é uma forma de ganhar a confiança das pessoas. 

Diariamente, os indivíduos lêem livros, escutam podcasts e interagem com os amigos para aprender e ouvir novas histórias.

As empresas, ao contar boas histórias podem acionar pontos na mente dos clientes, tendo uma vantagem no encantamento e tratativa, principalmente por já ser um fator de valor para a socialização humana. Além disso, pode atuar como gatilho para despertar:

  • Lembranças;
  • Atenção;
  • Relação;
  • Ação.

4 Elementos importantes no Storytelling

Entender os principais elementos que compõem um bom storytelling é essencial para conseguir desenvolver uma boa história e, assim, tocar o coração e atenção dos futuros clientes. São 4 elementos principais:

  1. Mensagem

Não importa o tamanho do storytelling (curto ou longo), é fundamental ter uma mensagem bem definida. O discurso central deve ser bem pensado, pois ele é o coração do storytelling.

Uma mensagem central considerada ideal pode ser resumida entre 6 e 10 palavras. Quando não resumida, significa que a mensagem não está bem definida e clara.

Uma mensagem de excelência, mas mal apresentada, não surte efeito. Deste modo, é essencial conciliar uma boa história com a forma que será contada, tendo foco no cerne da mensagem.

  1. Contexto

O contexto fornece toda a estrutura para o storytelling. É importante considerar o contexto interno (cenário da história) e o externo (como a história pode ser recebida).

Sendo assim, é fundamental considerar fatores como: público que irá receber a história e o meio pelo qual a mensagem será transmitida.

O storytelling no contexto de vendas, por exemplo, indica que o público é o cliente, o que pode ser refinado a partir das personas criadas. Já em relação ao meio, ele pode variar, ou seja, pode ocorrer por e-mail, redes sociais, vídeo chamada, entre outros.

  1. Personagem

O personagem dá personalidade, humanização e foco para a história. O desenvolvimento do personagem permite descrever as mudanças que ele sofre no curso da narrativa.

E no contexto de vendas, quem é o personagem? O cliente.

Para embarcar na história, os seus potenciais clientes precisam enxergar elementos de si mesmos nos personagens da narrativa, identificando quais as potenciais soluções para seus problemas.

  1. Conflito

Um bom storytelling tem um conflito. É esse elemento que cativa atenção e leva o enredo adiante.

No contexto de vendas, se não houver um conflito, a história fica sem graça. Ou seja, para prender a atenção do cliente em potencial, o seu personagem precisa enfrentar riscos tangíveis de perda.

Dicas para aplicar o storytelling nas vendas

Para transformar possíveis compradores em clientes, é necessário aplicar algumas técnicas no storytelling.

Nesse momento é possível unir habilidades narrativas com estratégias como o Inbound Marketing para conseguir excelentes resultados.

As principais dicas que ajudam a criar um storytelling impecável são:

  • Tenha uma estrutura bem definida;
  • Transmita sempre emoções positivas;
  • Não utilize personagens superficiais;
  • Evite romantizar às histórias;
  • Não apresente imagens de modo direto.

O storytelling pode ser incorporado nas estratégias de inbound marketing, ou marketing de atração, contribuindo para personalizar a voz da sua marca ao desenvolver os materiais.

Além disso, unir as estratégias ajuda a saber quais histórias serão contadas e qual a melhor forma para isso, mesmo em materiais informativos, bem como identificar elementos que viralizam.

Benefícios do storytelling

Há vários ganhos que podem ser aproveitados ao implementar o storytelling, como humanizar a comunicação entre consumidores e a marca. Mais ainda, permite moldar o relacionamento com os clientes através das histórias.

Ao investir nesta técnica, é possível desenvolver um material único, atraente e com maiores oportunidades de conversão.

Portanto, apostar no storytelling é uma maneira de despertar as emoções que levam os clientes a fecharem negócio.

Nas vendas, esse método consegue cativar, gerar empatia de identificação e engajar, o que contribui para ativar os gatilhos de decisão de compra, gerando excelentes resultados para as empresas.

Share on linkedin
Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos que podem te interessar

Automatização do Cálculo de PLR: Superando Desafios e Maximizando Benefícios.

Neste artigo, iremos descobrir juntos como a automatização do cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) pode te ajudar a superar desafios, maximizar benefícios e simplicar operações. O cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) é uma tarefa complexa que envolve diversos parâmetros, variáveis e considerações. Realizá-lo manualmente impõe uma série de desafios

Programas de Incentivos Variáveis: Cinco Dicas para criar um programa de incentivos variáveis bem-sucedido.

Implementar um programa de incentivos variáveis é uma estratégia poderosa para motivar equipes e impulsionar o desempenho em 2024. Contudo, o sucesso dessa iniciativa requer uma abordagem cuidadosa e estruturada. Neste artigo, exploraremos cinco dicas essenciais para criar e manter um programa bem-sucedido que não apenas motive, mas também contribua para o sucesso geral da

Impulsionando Equipes: Estratégias de Incentivo que Transformam Resultados

Se você busca não apenas atingir metas, mas superá-las com uma equipe motivada e engajada, é hora de ir além dos métodos convencionais. Descubra como as estratégias de incentivo, sejam elas financeiras ou não, podem ser poderosos catalisadores para elevar não apenas a produtividade, mas também o moral e a coesão da equipe. 1. Incentivos

Gostou? Inscreva-se para receber mais conteúdos como esses gratuitamente

    pt_BR