O que é análise PEST? E para o que serve?

O que é análise PEST? E para o que serve?

O que é análise PEST? E para o que serve?

A análise PEST é uma estratégia na qual pode ajudar a empresa a se atualizar sobre as novas tecnologias, estratégias e iniciativas A análise PEST também ajuda a prever mudanças e, também, preparar-se para mudanças e lançamentos. Com isso, podemos dizer que é uma excelente ferramenta. Por isso, no artigo de hoje vamos entender o que é análise PEST? E para que serve?

Com a análise PEST é possível que os gestores se atentem às mudanças e, que possam analisar se os investimentos feitos em algumas áreas ou novos produtos realmente poderão trazer retornos satisfatórios.

Entenda o que é análise PEST?

A análise PEST é um modelo analítico no qual ajuda a empresa a ter uma visão ampla sobre todo o seu funcionamento. Desta forma, traz informações de forma macro, não isolando apenas a empresa, mas sim visualizando como parte da sociedade e entendendo quais são seus impactos.

Uma vez que a sociedade possui diversos aspectos que a influenciam, essa análise passar por vários desses pontos econômicos, estratégicos e sociais. Por isso, a sigla PEST é uma junção dos termos que norteiam toda essa análise, que são: política, economia, sociedade e tecnologia. Em outras palavras, ela analisa todos os fatores frente a empresa, às estratégias dela e ao futuro empresarial.

A análise PEST serve para uma série de questões que são essenciais a qualquer empresa. Como por exemplo, empresas que estão iniciando no mercado podem usá-la para reconhecer oportunidades ali presentes. Além disso, ela é interessante para o lançamento e desenvolvimento de novos produtos, já que uma vez que traz um apanhado geral sobre a sociedade e os fatores que a influenciam.

A PEST também é importante para a prevenção de riscos, dando informações sobre como a empresa é vista hoje no mercado pelo público e as questões que podem mudar isso em um futuro breve. Essas questões que influenciam são justamente aquelas representadas pelas letras que compõem a PEST. Isto é, pela política, economia, sociedade e tecnologias disponíveis ou que ainda faltam no mercado.

Saiba como fazer a análise PEST?

Como vimos até aqui, ela se baseia na análise de 4 fatores diferentes, esses fatores têm influência direta sobre o consumidor e seu comportamento, e influência a demanda, produção, lucratividade e também o comportamento dos profissionais do mercado.

A seguir, veja como colocar essa análise em prática em cada uma de suas bases. Do mesmo modo, confira perguntas práticas para levantar em todos os pontos que formam a PEST.

Fatores políticos

O primeiro fator que a análise PEST levanta é o político. Ele obviamente tem influência sobre o mercado, o consumidor e todo o setor privado.  Dentre os motivos para isso, considere que a política terá influência sobre os impostos e taxas que afetarão diretamente nos números da sua empresa.

Portanto, o fator político é de extrema importância. Para colocar a análise PEST em prática, aqui, levante os seguintes questionamentos:

  • Quais são os possíveis impactos das próximas eleições aos negócios e à economia?
  • Existem restrições que o governo impõe aos seus negócios?
  • Como os políticos que estão no poder e os que chegarão em breve a ele influenciam no comércio, como o fomentam e como protegem o consumidor?

Tudo isso é essencial para se obter informações políticas que tenham influência sobre o mercado em geral e o seu negócio.

Fatores econômicos

É claro que os fatores econômicos também influenciam os negócios. Isso ocorre tanto no macro quanto no micro. O macro se refere às questões gerais econômicas, como demanda e oferta. Isso engloba variações no interesse do público por alguns produtos etc.

O micro se insere nas particularidades dos consumidores, em relação ao que o cidadão em si quer e pode ter. Por exemplo, quem está em regiões mais ricas pode se valer da situação econômica dos consumidores ali residentes para lucrar.

Na análise PEST, dentro do fator econômico, faça as seguintes perguntas:

  • Como está a economia (em declínio, estagnada, em crescimento)?
  • Quais são as taxas de desemprego?
  • Qual é a renda média do público alvo?
  • Há acesso ao crédito para a população?
  • Quais são as tendências econômicas?

Fatores Sociais

Os fatores sociais se referem ao público e seu comportamento e respostas. Igualmente, aos seus costumes, crenças e normas. Esse fator influencia no marketing, bem como na possibilidade de encontrar nichos em que há demandas específicas.

Os questionamentos que cabem aqui são:

  • Como a cultura local reflete na decisão de compra dos consumidores?
  • Há alguma situação social que crie demandas naquela região?
  • Quais são as regiões com maior volume de pessoas e possíveis consumidores?
  • Quais são as crenças e valores do público? Quais estão arraigados, quais são novos e quais são foram abandonados?

Fatores tecnológicos

Os fatores tecnológicos ajudam a entender quais são as demandas em relação à transformação digital. Ajuda você a não investir no que já está se tornando defasado. Os fatores tecnológicos podem também ajudar a sua empresa a encontrar pontos para investir em melhorias.

Sem falar que reflete diretamente nas suas produções, tecnologias disponíveis para criar seus produtos e tecnologias presentes neles mesmos. Portanto, pergunte-se:

  • Há tecnologia disponíveis para melhorar seus processos e automatizá-los?
  • Qual a tecnologia que seus concorrentes utilizam?
  • Qual a tecnologia que eles ofertam nos produtos disponíveis ao público?
  • Existem atualizações da tecnologia que você aplica na produção e que estão disponíveis?

Passando por todos esses fatores você conseguirá entender quais são os principais impactos que sua empresa pode passar. Dessa forma, a análise PEST fica completa e pode ajudar na tomada de decisões.

Share on linkedin
Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos que podem te interessar

4 dicas para melhorar a gestão de tempo e produtividade da sua equipe.

4 dicas para melhorar a gestão de tempo e produtividade da sua equipe.

Saiba as 4 dicas para melhorar a gestão do tempo e produtividade da sua equipe, quais ferramentas podem te auxiliar e as principais vantagens que você terá quando aplicar essas dicas na sua empresa.  Você já deve ter se deparado diversas vezes com a frase “tempo é dinheiro”, e é sem dúvida, muito vezes quando

Entenda a importância do atingimento de metas para o time.

Entenda a importância do atingimento de metas para o time.

Falamos muito por aqui sobre a importância das metas dentro das empresas e até mesmo na vida pessoal das pessoas. Mesmo muitos tendo a ciência da importância das metas, muitas vezes ela ainda acaba sendo vista com maus olhos, mas não deve ser assim. Afinal, elas representam uma chance de crescimento e lucro aos colaboradores.

Por que e como fazer gestão de metas?

Por que e como fazer gestão de metas?

Uma empresa pode ter sucesso em seus resultados através de uma boa gestão de metas adequada para a sua equipe. Por isso, você deve entender o Por que e como fazer gestão de metas, e entender quais são as principais vantagens. No mundo coorporativo e até mesmo na vida pessoal, sempre temos metas e objetivos

Gostou? Inscreva-se para receber mais conteúdos como esses gratuitamente

    pt_BR