Gestão e avaliação de desempenho entenda a diferença!

Gestão e avaliação de desempenho entenda a diferença!

Apesar de muitas pessoas acreditarem que a gestão de desempenho seja sinônimo da avaliação de desempenho, estas são ações bastante diferentes. No caso da gestão de desempenho o propósito é incentivar o colaborador, já a avaliação de desempenho tem o foco de alinhar os interesses e expectativas dos profissionais… 

Gestão e avaliação de desempenho entenda a diferença!

Apesar de muitas pessoas acreditarem que a gestão de desempenho seja sinônimo da avaliação de desempenho, estas são ações bastante diferentes. No caso da gestão de desempenho o propósito é incentivar o colaborador, já a avaliação de desempenho tem o foco de alinhar os interesses e expectativas dos profissionais. Ambas ações são essenciais para o crescimento e desenvolvimento do profissional dentro da empresa.  

Para entender melhor qual é a diferença entre a gestão e avaliação de desempenho e como essas abordagens podem contribuir melhor para o seu negócio, preparamos neste post uma explicação para que você entenda o conceito dessas metodologias, como funciona e quais são os benefícios para o seu negócio e equipe de profissionais. Vamos conferir o que é gestão e avaliação de desempenho e entender a diferença!

Entenda o que é gestão de desempenho!

A gestão de desempenho é um processo que busca configurar um ambiente de trabalho no qual os colaboradores podem potencializar suas habilidades e competências. A gestão de desempenho toma como base as principais ocorrências que surgem no dia a dia de uma empresa e dos profissionais a fim de que todos ofereçam e recebam algum tipo de aprendizado. Por isso, a gestão de desempenho vai além de uma abordagem mais tradicional na qual prevemos apenas uma reunião anual de feedback. 

Na realidade, a gestão de desempenho é uma metodologia que vai além de qualquer ferramenta ou formulário que verifica a performance do profissional. Com isso, é possível tomar decisões com mais agilidade baseados em dados reais e precisos. 

Com a gestão de performance bem aplicada, fica mais fácil definir objetivos e alcançá-los com eficiência, além de reduzir custos e melhorar a produtividade. Para alcançar o nível de aproveitamento e aprimoramento constante dos processos é necessário basear a gestão de desempenho em cinco pontos essenciais para o sucesso que são: avaliação, monitoramento, controle, planejamento e melhoria.

A gestão de desempenho acaba sendo uma via de mão dupla, onde cabe ao gestor desenvolver atividades que possam contribuir para os resultados dos colaboradores, e o mesmo cabe para o profissional que também tem a responsabilidade de cumprir algumas etapas para poder ser premiado e reconhecido pelo seu desempenho e resultado.

É muito importante ter em mente que o principal objetivo da gestão de desempenho é vincular a performance do profissional e os resultados conquistados a uma remuneração variável, com o foco de motivar e engajar cada vez mais ainda os colaboradores.

Para saber como funciona a gestão de desempenho em vendas, leia este artigo: O que é Gestão do Desempenho em Vendas?

    Entenda o que é avaliação de desempenho!

    A avaliação de desempenho é uma ferramenta que faz parte da gestão de desempenho, muito utilizada pelo RH para analisar a performance e resultados de um colaborador ou até mesmo equipe. Através da avaliação de desempenho é possível avaliar as competências técnicas e comportamentais dos profissionais. 

    É através da avaliação de desempenho que é possível verificar se os métodos de seleção de talentos estão funcionando corretamente e de forma eficiente, possibilitando até ajustes durante os processos seletivos ajudando a evitar contratações equivocadas. 

    Vale ressaltar que a avaliação de desempenho deve ser feita a cada determinado período de tempo e essa frequência quem deve determinar é a empresa, juntamente com o time que gerencia esses profissionais, não existe um padrão de tempo específico.

    Através da avaliação de desempenho é possível identificar quais são os pontos fortes e os de melhoria de um colaborador, e é através da avaliação de desempenho que é possível realizar um plano de desenvolvimento individual (PDI) mais eficiente. 

    Quer saber o que é plano de desenvolvimento individual? Leia este artigo para saber mais:  O que é um PDI e como realizar um Plano de desenvolvimento individual?

    A diferença entre avaliação e gestão de desempenho.

    Até aqui você conseguiu entender o que é a gestão de desempenho e o que é avaliação de desempenho e a importância de cada um deles dentro das empresas. Mas, afinal qual é a real diferença entre essas duas ferramentas? E sim, existem algumas, mesmo que no fim do processo elas se complementem e se apoiem. 

    Antes de tudo é importante reforçar que, a gestão de desempenho, como vimos ao longo deste artigo, simplesmente é uma ferramenta muito abrangente que envolve a relação e ação entre os gestores e os colaboradores para atingir os melhores resultados.

    Para te ajudar a entender melhor o que de fato é a gestão de desempenho, podemos caracterizar como: 

    • A gestão de desempenho ajuda a desenvolver e gerenciar o desempenho dos colaboradores para incentivar seu crescimento dentro da empresa;
    • A gestão de desempenho é um processo contínuo;
    • A gestão de desempenho é conduzida por diferentes stakeholders que estão envolvidos e comprometidos;
    • A gestão de desempenho é um procedimento inovador;
    • A gestão de desempenho consiste em um processo, não em um sistema;
    • A gestão de desempenho é totalmente flexível, e de acordo com a necessidade da empresa;
    • A gestão de desempenho adota diferentes abordagens, de acordo com os valores da equipe, gestores e empresa;
    • A gestão de desempenho é considerada uma ferramenta essencialmente estratégica.

    Já a avaliação de desempenho é uma análise que tem como objetivo nivelar e classificar periodicamente a performance dos profissionais de uma empresa e até mesmo evitar contratações indesejadas e que podem afetar na saúde e crescimento da empresa. 

    Para entendimento da avaliação de desempenho, veja o que caracteriza essa ferramenta:

    • Avaliação de desempenho é usada para definir a remuneração variável a ser oferecida;
    • Avaliação de desempenho é realizada de acordo com a periodicidade estabelecida pela empresa;
    • Avaliação de desempenho é conduzida pela equipe de gestão de pessoas (RH) em conjunto com os gestores de outras áreas;
    • Avaliação de desempenho é oferecer a possibilidade de corrigir erros, mas isso é feito de maneira retrospectiva;
    • Avaliação de desempenho consiste em um sistema;
    • Avaliação de desempenho é tipicamente inflexível;
    • Avaliação de desempenho é mais que uma aproximação individual;
    • Avaliação de desempenho é considerada uma ferramenta operacional para aumentar a eficiência dos colaboradores. 

    Concluindo, como falamos ao longo deste artigo, tanto a gestão de desempenho quanto a avaliação de desempenho são ferramentas essenciais para o crescimento da empresa e principalmente para o crescimento e desenvolvimento do profissional. Saiba que, ambas são complementares e que por mais que elas tragam benefícios para a empresa e profissional, os objetivos iniciais de cada uma são diferentes.


      Share on linkedin
      Share on google
      Share on facebook
      Share on twitter

      Outros artigos que podem te interessar

      Automatização do Cálculo de PLR: Superando Desafios e Maximizando Benefícios.

      Neste artigo, iremos descobrir juntos como a automatização do cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) pode te ajudar a superar desafios, maximizar benefícios e simplicar operações. O cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) é uma tarefa complexa que envolve diversos parâmetros, variáveis e considerações. Realizá-lo manualmente impõe uma série de desafios

      Programas de Incentivos Variáveis: Cinco Dicas para criar um programa de incentivos variáveis bem-sucedido.

      Implementar um programa de incentivos variáveis é uma estratégia poderosa para motivar equipes e impulsionar o desempenho em 2024. Contudo, o sucesso dessa iniciativa requer uma abordagem cuidadosa e estruturada. Neste artigo, exploraremos cinco dicas essenciais para criar e manter um programa bem-sucedido que não apenas motive, mas também contribua para o sucesso geral da

      Impulsionando Equipes: Estratégias de Incentivo que Transformam Resultados

      Se você busca não apenas atingir metas, mas superá-las com uma equipe motivada e engajada, é hora de ir além dos métodos convencionais. Descubra como as estratégias de incentivo, sejam elas financeiras ou não, podem ser poderosos catalisadores para elevar não apenas a produtividade, mas também o moral e a coesão da equipe. 1. Incentivos

      Gostou? Inscreva-se para receber mais conteúdos como esses gratuitamente

        pt_BR