Entenda a diferença entre Up Sell, Down Sell e Cross Sell.

Entenda a diferença entre Up Sell, Down Sell e Cross Sell.

 Entenda a diferença entre Up sell Down Sell e Cross Sell.

No passado muitas empresas utilizavam de uma prática muito conhecida, chamada de “venda casada”, mas essa prática foi proibida e se tornou ilegal, pois foi reconhecida como um tipo de fraude, já que obrigava o consumidor a adquirir um determinado produto ou uma certa quantidade de um produto, para poder ter de fato o que realmente precisava. 

Porém o mercado evoluiu e desenvolveu novas e corretas técnicas para fomentar as vendas, e quando falamos sobre vendas, estamos falando principalmente sobre vender mais e atingir as metas e resultados. Existem alguns termos que podem se tornar comuns neste meio, e algumas dessas palavras são Up Sell, Down Sell e Cross Sell. No artigo de hoje vamos falar sobre esse tema para que você entenda a diferença entre Up Sell, Down Sell e Cross Sell.

Entenda o que é Up Sell

Você pode até não conhecer ao pé da letra o que de fato é o termo up sell, mas com certeza já viveu na prática a aplicação dessa técnica em alguma situação do seu cotidiano. O up sell é uma técnica que tem como objetivo vender um produto ou serviço de forma mais completa e com um preço um pouco mais elevado, para um comprador que provavelmente optaria por uma opção de custo mais baixo.  

A ideia principal é aumentar o faturamento e o lucro da empresa oferecendo uma melhor opção com um valor mais agregado. Um exemplo muito comum e presente no cotidiano de muitas pessoas sem dúvida é: Quando você vai comprar um lanche no McDonald’s, por exemplo, provavelmente você já ouviu a pergunta: “Batata grande por mais 1 real?”. Esse é um ótimo exemplo de uma boa técnica de up sell, oferecendo uma melhor opção com um pequeno acréscimo no valor total do produto. 

Você deve estar se perguntando: Como posso introduzir o up sell na minha estratégia de vendas, certo? Antes de tudo, leve em consideração esses 03 pontos: 

  • Observe o processo de venda do seu serviço/produto e mapeie todas as possíveis oportunidades;
  • A decisão de fazer um up sell da compra, dependerá da forma com que você apresentará o seu produto/serviço;
  • Não forçe um up sell e não faça isso o tempo todo, tenha em mente o perfil do seu cliente e se o custo benefício de fato fará sentido para ele. 

O up sell,  sem dúvida, é uma estratégia barata e muito eficiente de aumentar o faturamento da sua empresa e gerar mais valor para os seus clientes. Aplique essas dicas e melhore seus resultados!

Entenda o que é Down sell 

O down sell assim como o up sell é uma estratégia de vendas em que lhe é proposto uma opção de menor valor ao que ele demonstrou interesse inicialmente. Ou seja, o objetivo é buscar, pelo menos, atender ao menos de forma parcial a necessidade do cliente, oferecendo a ele uma versão mais simples e mais econômica ao do interesse inicial.

Um exemplo muito comum em nosso cotidiano é quando ligamos para uma operadora de TV a cabo solicitando o cancelamento da assinatura e a empresa para evitar o cancelamento acaba oferecendo uma opção de plano mais acessível para evitar o cancelamento e a perda do cliente. 

Portanto, na estratégia de down sell a empresa aceita a diminuição do ticket médio para não perder um cliente ou até mesmo uma nova venda. Para que você aplique a estratégia de Down Sell leve em consideração essas 03 dicas para aplicar corretamente o down sell em seu negócio:

  • Mantenha o foco no valor entregue ao cliente;
  • Diversifique o seu mix de produtos;
  • Saiba identificar  qual é o timing ideal para o down sell

Entenda o que é Cross Sell 

Bom até aqui conseguimos entender o que é o up sell e o que é down sell e agora vamos entender o que é a estratégia de cross sell. Em resumo, cross sell é uma prática que tem ganhado cada vez mais influência e espaço no mercado, isso acontece porque nos dias de hoje as decisões de compras estão sendo fortemente influenciadas pelo fator personalização.

Traduzindo, se o seu cliente é reconhecido, lembrado ou notificado sobre algum tipo de recomendação relevante para ele, isso aumentará a chance da compra do produto acontecer. Para que isso aconteça, é necessário entender que essa estratégia vai além da venda e que também é importante a experiência do consumidor, principalmente a personalização em lembrar da última vez que o seu cliente comprou algo e as preferências dele.

Portanto, não se trata apenas de realizar uma nova venda e sim da entrega da proposta de valor junto da experiência do cliente com a sua empresa. Em linhas gerais, o conceito é uma junção de técnicas que incentivam os esforços de vendas, pensando na importância do cross sell, separamos 03 dicas para você colocar em prática. 

  • É preciso que o cliente extraia o máximo possível da sua experiência e de forma acessível. 
  • Entenda as preferências, necessidades e condições do seu cliente para que você consiga oferecer a solução mais completa. 
  • Crie uma relação de confiança com o cliente, permitindo que você possa identificar as principais objeções e consiga realizar uma venda eficiente.

Cuidado com o excesso.

Essas técnicas de vendas nasceram de forma natural, e como toda estratégia de vendas deve sempre ser priorizada a satisfação e as necessidades do cliente. É importante que seja elaborada uma estratégia honesta para todas essas ações. 

Mostrar para o seu cliente que aquele é o melhor negócio que ele pode fazer, e ao mesmo tempo trazer resultados nas vendas é o objetivo principal que deve ser aplicado nas três estratégias : Cross Sell, Up Sell e Donw Sell.

Por isso, é importante que você entenda a diferença entre Up sell, Down Sell e Cross Sell. Pra você não pecar pelo excesso aplicando essas estratégias de forma incorreta, constantemente e sem que tenha a real oportunidade de dar certo.

Share on linkedin
Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos que podem te interessar

Automatização do Cálculo de PLR: Superando Desafios e Maximizando Benefícios.

Neste artigo, iremos descobrir juntos como a automatização do cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) pode te ajudar a superar desafios, maximizar benefícios e simplicar operações. O cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) é uma tarefa complexa que envolve diversos parâmetros, variáveis e considerações. Realizá-lo manualmente impõe uma série de desafios

Programas de Incentivos Variáveis: Cinco Dicas para criar um programa de incentivos variáveis bem-sucedido.

Implementar um programa de incentivos variáveis é uma estratégia poderosa para motivar equipes e impulsionar o desempenho em 2024. Contudo, o sucesso dessa iniciativa requer uma abordagem cuidadosa e estruturada. Neste artigo, exploraremos cinco dicas essenciais para criar e manter um programa bem-sucedido que não apenas motive, mas também contribua para o sucesso geral da

Impulsionando Equipes: Estratégias de Incentivo que Transformam Resultados

Se você busca não apenas atingir metas, mas superá-las com uma equipe motivada e engajada, é hora de ir além dos métodos convencionais. Descubra como as estratégias de incentivo, sejam elas financeiras ou não, podem ser poderosos catalisadores para elevar não apenas a produtividade, mas também o moral e a coesão da equipe. 1. Incentivos

Gostou? Inscreva-se para receber mais conteúdos como esses gratuitamente

    pt_BR