Como ter uma comunicação transparente e eficiente com a equipe?

Como ter uma comunicação transparente e eficiente com a equipe?

Muitos gestores e líderes acabam se perguntando: Como ter uma comunicação transparente e eficiente com a equipe? Sabemos que o desafio pode ser grande, mas existem algumas soluções para ajudar neste processo de gestão eficiente e comunicação transparente. 

Como ter uma comunicação transparente e eficiente com a equipe?

Muitos gestores e líderes acabam se perguntando: Como ter uma comunicação transparente e eficiente com a equipe? Sabemos que o desafio pode ser grande, mas existem algumas soluções para ajudar neste processo de gestão eficiente e comunicação transparente. Existe um método muito conhecido, chamado de Gestão à vista, ele ajuda as empresas a superarem esse desafio, comunicando as informações para a equipe de maneira clara e objetiva para que todos entendam. 

Geralmente um desafio muito comum na hora da comunicação com as equipes é no momento do uso de indicadores e estabelecimento de metas. Mas, a dúvida que surge para muitas empresas é: Como estabelecer e divulgar da forma correta? 

No artigo de hoje vamos falar sobre uma metodologia muito eficiente para ajudar na etapa de comunicação de indicadores e objetivos, essa é conhecida como: Gestão à vista, uma ferramenta que visa mostrar claramente onde a empresa quer chegar, divulgando de forma ágil e eficiente para as equipes. 

Para entender o que é Gestão à vista, leia: Gestão à Vista! tudo o que você precisa saber.

Como aplicar a gestão à vista na minha empresa? 

Sem dúvidas, quando se tem uma equipe ciente de todos os objetivos e metas da empresa a Gestão à vista acaba se tornando uma das etapas mais importantes para o sucesso de uma empresa, e por se tratar de uma metodologia existem diferentes formas de se aplicar. Por isso, neste artigo separamos 03 das principais formas de aplicar a Gestão à vista na sua empresa e ter uma comunicação transparente e eficiente com a equipe.

1- Balanced Scorecard – Mapeamento de processos

O Balanced Scorecard, também conhecido como BSC, é uma metodologia que visa entender a definição de um mapa estratégico, indicadores, objetivos, metas e até um plano de ação. Essa metodologia tem como base quatro pilares de visões diferente dentro da empresa, e esses pilares são: 

  • Financeiro;
  • Clientes;
  • Processos internos;
  • Aprendizado.

Uma grande vantagem do BSC para quem implementa a gestão à vista na empresa é que essa metodologia apresenta indicadores de desempenhos de forma clara para diversas áreas dentro da empresa. 

2- e-Kanban – Quadro de fluxo de trabalho

Um método que utiliza cartões para indicar a evolução de um fluxo de trabalho. Dividido em três fluxos de produção que são: “a fazer”, “fazendo” e “finalizado”. O e-Kanban é uma versão eletrônica do Kanban que é de origem japonesa e significa “sinalização” ou “cartão”.

Existem a possibilidade de incluir mais colunas, com outras etapas mais específicas e mais relacionais ao que a empresa desenvolve. O e-Kanban diferente do método físico evita a perda de algum cartão, além de proporcionar uma maior agilidade na hora de atualizar alguma informação dentro do quadro de tarefas. 

3- Dashboards – Painéis de gestão

Conhecido também como painel de controle, os Dashboards reúnem  de forma visual as informações mais importantes da empresa, como dados e indicadores, a grande maioria deles são representados por gráficos e tabelas.

Os Dashboards são ótimos aliados da gestão à vista, pois com as informações consolidadas de um modo visível em uma tela, fica mais fácil de acompanhar e monitorar tudo o que está acontecendo e como os objetivos foram ou podem ser alcançados. 

Para atender o conceito aplicado da gestão à vista, o Dashboard precisa ser atualizado frequentemente. Desta forma, as decisões poderão ser tomadas de forma eficiente e visando os melhores resultados para a empresa. 

Os benefícios de fazer gestão à vista.

Algumas das vantagens de fazer gestão à vista devem ser destacadas, pois sem dúvida elas são as que tornam essa metodologia mais eficiente e importante para as empresas. 

1- Trazer consciência. 

Todos dentro da empresa precisam ter consciência do seu papel e importância para os resultados da empresa. Para isso, eles precisam entender o contexto em que estão inseridos e o seu papel de forma individual dentro do coletivo da equipe.  Para isso, as metas e objetivos do planejamento estratégico precisam estar claros e bem alinhados para todos. 

Leia: Dicas de como fazer um bom planejamento estratégico.

2- Melhor relacionamento.

Com a consciência de qual é o papel individual dentro do coletivo a melhoria no relacionamento da equipe acaba se tornando apenas uma consequência. Um ambiente que reconhece o esforço da equipe e respeita cada um, desperta naturalmente a vontade dos colaboradores de “vestirem a camisa”. A colaboração e o trabalho em equipe se tornam uma poderosa ferramenta. 

3- Controle de Metas.

Quando as metas estão à vista, todos conseguem acompanhar o andamento e fazer ajustes sempre que necessário. A melhoria constante passa a ser vista como uma maneira efetiva de alcançar os resultados. O acompanhamento de metas em tempo real mostra rapidamente o efeito das ações de cada colaborador para atingir os resultados.

4- Aumento do engajamento e da produtividade.

Quando os profissionais têm uma autonomia e retorno de seus esforços, o comprometimento acaba aumentando, tornando melhor o esforço e o engajamento das equipes. A meta se transforma em motivação e isso resulta diretamente no aumento do engajamento e da produtividade.

5- Foco no que importa

Com acesso a todas as informações, de forma transparente e sem precisar se desgastar para comunicar os indicadores e metas para a equipe, fica muito mais fácil focar no que realmente importa, que é bons resultados!

A AchieveMore reuniu tecnologia e sistema de recompensa em um só lugar, criando um software completo que reúne todos os seus indicadores táticos, operacionais e estratégicos. Ideal para a empresa que busca comunicar suas metas e objetivos de maneira transparente e remunerar a equipe pelos resultados.  

Share on linkedin
Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos que podem te interessar

Automatização do Cálculo de PLR: Superando Desafios e Maximizando Benefícios.

Neste artigo, iremos descobrir juntos como a automatização do cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) pode te ajudar a superar desafios, maximizar benefícios e simplicar operações. O cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) é uma tarefa complexa que envolve diversos parâmetros, variáveis e considerações. Realizá-lo manualmente impõe uma série de desafios

Programas de Incentivos Variáveis: Cinco Dicas para criar um programa de incentivos variáveis bem-sucedido.

Implementar um programa de incentivos variáveis é uma estratégia poderosa para motivar equipes e impulsionar o desempenho em 2024. Contudo, o sucesso dessa iniciativa requer uma abordagem cuidadosa e estruturada. Neste artigo, exploraremos cinco dicas essenciais para criar e manter um programa bem-sucedido que não apenas motive, mas também contribua para o sucesso geral da

Impulsionando Equipes: Estratégias de Incentivo que Transformam Resultados

Se você busca não apenas atingir metas, mas superá-las com uma equipe motivada e engajada, é hora de ir além dos métodos convencionais. Descubra como as estratégias de incentivo, sejam elas financeiras ou não, podem ser poderosos catalisadores para elevar não apenas a produtividade, mas também o moral e a coesão da equipe. 1. Incentivos

Gostou? Inscreva-se para receber mais conteúdos como esses gratuitamente

    pt_BR