Como ter um time de alta performance em 2023?

Como ter um time de alta performance em 2023?

Um time de alta performance é aquele que alcança resultados acima das expectativas do mercado. Por esse motivo, é muito importante ter um time responsável e engajado. Por isso, você precisa saber como ter um time de alta performance em 2023. Confira! 

Entretanto, para se ter um time de alta performance é necessário investir em diversas áreas dentro da empresa, isso inclui etapas desde o processo seletivo até chegar na etapa de formação. 

7 dicas para ter um time de alta performance em 2023

Depois que se forma uma equipe, o próximo passo é desenvolver esse time para que eles cheguem a sua alta performance. Afinal, será fundamental fazer uma gestão constante de pessoas para extrair o melhor desse quadro de um jeito perene. Desse modo, é possível ter um time sincronizado como uma orquestra. 

Desta forma, todo o time precisa ter os melhores instrumentos e saber o que devem fazer para transformar a performance individual e coletiva. Pensando nisso, separamos neste artigo 7 dicas para te ajudar a construir um time de alta performance em 2023. Confira! 

1- Dedique-se na etapa do processo seletivo; 

Existem diversas etapas no processo de recrutamento e seleção o que acaba coincidindo com tantas outras demandas que os líderes e gestores possuem. Isso acaba resultando em um problema muito comum: A pessoa contratada não ter o perfil ideal para o seu time. 

Por conta disso, é importante que as suas expectativas estejam bem alinhadas com o time de recrutamento e seleção. Você não precisa participar de todas as etapas do processo seletivo, mas é importante que exista um acompanhamento em cada uma das etapas para que seja avaliado os atributos técnicos e profissionais para o cargo desejado. 

Desta forma, será mais difícil que os profissionais contratados não atendam os requisitos e expectativas necessárias para a vaga em aberto. Pois, sabemos que por mais que haja treinamentos após as contratações, é de muita importância que os profissionais escolhidos se enquadrem na cultura organizacional da empresa. 

2 –  Determine objetivos claros e inspiradores; 

Profissionais bem qualificados, costumam também ser mais ambiciosos, não somente quando o assunto são ganhos individuais, mas também são ambiciosos sobre seu crescimento, desenvolvimento de carreira e acúmulo de experiências.

Para quem deseja ter um time de alta performance é fundamental que se tenha profissionais não somente ambiciosos, mas também proporcionar um ambiente de trabalho estimulante, agradável e desafiador, e para que isso aconteça é importante que a sua empresa tenha os objetivos bem determinados de forma clara e inspiradora. 

Dessa maneira, devem ser criadas metas mais difíceis de superar, mas que possam ser executáveis na prática. Além de um sentimento de triunfo, isso desperta no time o desejo de não ficar estagnado, de acreditar que vale a pena fazer mais.

3 – Invista em qualificações e desenvolvimento; 

Para que se tenha uma equipe de alta performance, é necessário investir em qualificar e desenvolver essa equipe, para que todos atinjam o seu potencial. Caso a sua empresa ainda não tenha muito capital financeiro, é possível criar um plano a longo prazo para aproveitar ao máximo o budget disponível e oportunidades que podem surgir ao longo do caminho. 

Existem diversas opções, tais como: workshops, congressos, convênios com instituições de ensino, entre outras. Assim, as pessoas começam a sentir que a empresa se importa com elas. E, consequentemente, a tendência é os colaboradores também se preocuparem em performar melhor para a empresa. 

Desta forma, você acabará também, fortalecendo o employer branding, o que ajuda a tornar a sua empresa mais atrativo para captar novos funcionários. E a sua empresa, acaba se tornando uma referência de mercado e desejada pelos profissionais. 

4 –  Ofereça prêmios e bonificações;

Profissionais com alta performance, geralmente investem tempo e dinheiro para atingir os melhores resultados. Deste modo, a consequência natural é que eles sejam reconhecidos por seus resultados, e uma forma excelente para isso é a recompensa, essa é a melhor forma de reconhecer os resultados dos seus colaboradores. 

Muitas vezes, não é possível conceder um aumento salarial, troque por pequenos mimos como brindes, gratificações, eventos sociais pagos pela empresa fora do expediente etc. ou até mesmo crie um modelo de bonificação para recompensar essas entregas.

 5 –  Delegue tarefas e responsabilidades; 

Delegar tarefas e responsabilidades, é um ótimo aliado para ajudar na identificação de potenciais talentos. Por exemplo: se teve um problema muito crítico, escolha alguém calmo para resolver tal situação. 

Se for uma questão de conflito contratual com outras empresas, mande para a missão alguém que tenha mais experiência na casa, saiba agir com simpatia e seja bastante esperto. Quando se delega tarefas e responsabilidades para os demais profissionais do time se torna possível até mesmo eliminar uma sobrecarga dos líderes e gestores. 

6 – Estimule a confiança nas relações; 

Para que se tenha uma equipe de alta performance é indispensável saber lidar com diferentes tipos de profissionais. Desta forma, para conquistar uma relação de confiança do time, é preciso agir com jogo de cintura. 

É possível estabilizar uma relação de confiança, até mesmo no momento de correção e ajuste, para isso, você precisa ser mais discreto, ou seja, trate com ele em uma conversa privada. Faça o contrário quando for elogiar: diga isso na frente dos outros integrantes do time.

Sendo assim, é imprescindível exercer a liderança, que abrange muito mais do que apenas um posto no topo hierárquico. Portanto, ser um líder envolve ser um profissional que as pessoas admiram e respeitam. Desta forma, a sua equipe de alta performance se manterá mais firme e estabilizada. 

7 – Meça os resultados

Depois de aplicar as dicas de 1 a 6 é muito importante que você também meça os resultados dos seus esforços, até para que você entenda como está sendo a performance de cada um do time e identifique quem está na baixa performance e na alta performance. 

Esse tipo de análise é papel do gestor, e é bem comum encontrar dificuldades no cumprimento dessa tarefa. Afinal, avaliar a produtividade envolve uma enorme quantidade de fatores, não é mesmo? Por isso, é necessário ter um planejamento de mensuração de dados.

Conclusão

Como você já deve ter percebido, formar e ter um time de alta performance requer muitos esforços. Entretanto, com esse investimento, a empresa conquista um time apto para reagir com velocidade aos contratempos, e recompensa o investimento de tempo e verba investido. 

Além disso, cria-se na empresa a capacidade para desenvolver competências técnicas. Assim, é possível formar profissionais alinhados aos interesses da empresa. Quer ficar sempre por dentro de assuntos de gestão? É simples: assine a nossa newsletter!

Share on linkedin
Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos que podem te interessar

Automatização do Cálculo de PLR: Superando Desafios e Maximizando Benefícios.

Neste artigo, iremos descobrir juntos como a automatização do cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) pode te ajudar a superar desafios, maximizar benefícios e simplicar operações. O cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) é uma tarefa complexa que envolve diversos parâmetros, variáveis e considerações. Realizá-lo manualmente impõe uma série de desafios

Programas de Incentivos Variáveis: Cinco Dicas para criar um programa de incentivos variáveis bem-sucedido.

Implementar um programa de incentivos variáveis é uma estratégia poderosa para motivar equipes e impulsionar o desempenho em 2024. Contudo, o sucesso dessa iniciativa requer uma abordagem cuidadosa e estruturada. Neste artigo, exploraremos cinco dicas essenciais para criar e manter um programa bem-sucedido que não apenas motive, mas também contribua para o sucesso geral da

Impulsionando Equipes: Estratégias de Incentivo que Transformam Resultados

Se você busca não apenas atingir metas, mas superá-las com uma equipe motivada e engajada, é hora de ir além dos métodos convencionais. Descubra como as estratégias de incentivo, sejam elas financeiras ou não, podem ser poderosos catalisadores para elevar não apenas a produtividade, mas também o moral e a coesão da equipe. 1. Incentivos

Gostou? Inscreva-se para receber mais conteúdos como esses gratuitamente

    pt_BR