04 Características para ser um bom gestor de equipe de vendas.

04 Características para ser um bom gestor de equipe de vendas.

04 Características para ser um bom gestor de equipe de vendas.

Sabemos que o mundo corporativo é muito dinâmico e disputado, e que a cada momento exige novas competências. Com isso, se torna essencial a busca por capacitação e aprimoramento e é nesse processo que surge, muitas vezes, o dilema de como ser um bom gestor de  equipe de vendas.

Também não é nenhuma novidade o quanto é importante a presença de um bom líder para estar na linha de frente de uma equipe, para que ela atue de forma equilibrada e coerente. Principalmente, em um time de vendas, que diariamente lida com pressão e desafios para alcançar as metas definidas. É o principal papel do líder levar a equipe aos seus objetivos, mas afinal, como ser um bom gestor de equipe de vendas? Pensando nisso, no artigo de hoje vamos falar de 04 características para ser um bom gestor de equipe de vendas. 

Quais são as características para um bom gestor de vendas?

É no líder que a equipe busca uma referência para melhorar seu desempenho e resultados. Por isso, as características e atitudes de um bom gestor de vendas são essenciais para uma equipe de vendas produzir mais e melhor. Um bom gestor de equipe de vendas além de ter a responsabilidade de ajudar na definição das metas e objetivos, ele também tem o dever de direcionar toda a sua equipe para a direção correta e mais adequada, além de buscar compreender qual é a melhor forma de aplicar suas estratégias conforme a estrutura de sua equipe, dos profissionais e das metas. 

Para que tudo isso tenha um verdadeiro êxito, um bom gestor de equipe de vendas deve ir além da simples aptidão em vendas, ele precisa ter atitudes indispensáveis, tais como: 

1. Organização

De nada adianta obter os melhores resultados se eles forem alcançados com erros e sem cumprimento de prazos. Um bom gestor deve ter em mente que a organização é fundamental para que o gestor obtenha a confiança de seu time e áreas relacionadas.

Além da organização ter todas as demandas cronometradas e muito bem controladas, a organização de um bom gestor, também precisa estar presente na eficiência de saber delegar e distribuir tarefas, e está também no ato de saber deixar claro para que toda a equipe possa ter consciência do que deve ser feito.

Ser um gestor organizado também ajuda a criar um padrão organizacional, e que podem ser seguidos independente dos processos individuais, gerando mais estabilidade para a área. 

2. Controle 

Dentro do campo de organização existem diversos fundamentos essenciais para uma boa eficiência da gestão de vendas, e dentre esses diversos fundamentos, temos também, o controle. Um gestor eficiente possui sempre um bom controle de todas as informações necessárias  e importantes para o sucesso dos resultados esperados. Por isso, conhecer o volume das demandas de trabalho da equipe, em cada etapa da jornada de compra, é importante para a efetividade de vendas.

Por isso, o gestor de equipe de vendas deve acompanhar diariamente os resultados, metas e indicadores de desempenho da equipe de vendas, para que assim se tenha eficiência no processo de tomada de decisão. 

Para que o gestor possa ter o  controle de tudo o que precisa e para que esse controle seja eficiente é necessário contar com a ajuda de boas ferramentas de gestão que facilitem todo o processos de envio, apuração e análise de dados. 

Um bom gestor não deve controlar todas as informações do seu time e seus resultados em uma planilha,  até porque ele estará sujeito a erros e a ter o trabalho redobrado. Além do mais, hoje em dia existem diversas opções de softwares, como a Achievemore, que te ajuda a estabelecer e monitorar todas as informações necessárias em um só lugar, ajudando a melhorar a produtividade da equipe a eliminar os possíveis erros que uma planilha eletrônica poderia ter. 

    3. Exemplo

    Ser um bom gestor está relacionado diretamente a autoridade, mas cuidado muitos confunde autoridade com autoritarismo. Fazer com que a sua equipe respeite seus direcionamentos apenas porque você é o chefe é um grande erro.

    Saber gerenciar bem uma equipe é saber lidar com as pessoas que estão na sua responsabilidade, é dar o exemplo e influenciá-las a fazer a coisa certa, sendo sempre transparente e justo. 

    4. Relacionamento

    Um bom gestor de equipe comercial precisa estar presente no dia a dia da equipe e acompanhar de perto todas as demandas. Par isso, é importante  que ele tenha um bom relacionamento com o seu time e esteja sempre cooperando quando necessário, motivando e gerenciando todos de forma eficiente. 

    Por isso, conhecer de perto como é o trabalho de cada um dos seus vendedores é essencial. Busque também conhecer não só o trabalho desse profissional, mas também quais são as suas características, necessidades e dificuldades, sempre respeitando os limites e diferenças entre cada um deles. 

    Concluindo, ser um bom gestor de equipe de vendas está ligado à habilidades e ao conhecimento, ambas precisam andar juntas para que você seja um gestor de vendas de sucesso e possa guiar a sua equipe para atingir os melhores resultados. 

    Share on linkedin
    Share on google
    Share on facebook
    Share on twitter

    Outros artigos que podem te interessar

    Automatização do Cálculo de PLR: Superando Desafios e Maximizando Benefícios.

    Neste artigo, iremos descobrir juntos como a automatização do cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) pode te ajudar a superar desafios, maximizar benefícios e simplicar operações. O cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) é uma tarefa complexa que envolve diversos parâmetros, variáveis e considerações. Realizá-lo manualmente impõe uma série de desafios

    Programas de Incentivos Variáveis: Cinco Dicas para criar um programa de incentivos variáveis bem-sucedido.

    Implementar um programa de incentivos variáveis é uma estratégia poderosa para motivar equipes e impulsionar o desempenho em 2024. Contudo, o sucesso dessa iniciativa requer uma abordagem cuidadosa e estruturada. Neste artigo, exploraremos cinco dicas essenciais para criar e manter um programa bem-sucedido que não apenas motive, mas também contribua para o sucesso geral da

    Impulsionando Equipes: Estratégias de Incentivo que Transformam Resultados

    Se você busca não apenas atingir metas, mas superá-las com uma equipe motivada e engajada, é hora de ir além dos métodos convencionais. Descubra como as estratégias de incentivo, sejam elas financeiras ou não, podem ser poderosos catalisadores para elevar não apenas a produtividade, mas também o moral e a coesão da equipe. 1. Incentivos

    Gostou? Inscreva-se para receber mais conteúdos como esses gratuitamente

      pt_BR